| | | | | |

Generosidade transcendental – Trungpa Rinpoche

por 9/05/2009 14 comentários

chogyam_trungpa

“Assim, generosidade transcendental é darmos o que tivermos. Nossa ação precisa ser completamente aberta, completamente despi­da. Não nos compete fazer julgamentos; aos que recebem compete fazer o gesto de receber. Se os que recebem não estiverem preparados para a nossa generosidade, não a receberão. Se estiverem preparados para ela, virão buscá-la. Esta é a ação desinteressada do bodisatva. Ele não se auto-refere: “Estarei cometendo algum engano?”; “Estarei sendo cuidadoso?”; “A quem devo abrir-me?”. Nunca toma partidos. Metaforicamente, o bodisatva jazerá como um cadáver apenas. Deixemos que as pessoas olhem para nós e nos examinem. Estamos à sua disposição. Uma ação nobre, uma ação completa, uma ação que não contém nenhuma hipocrisia, nenhum julgamento filosófico ou religioso. Por isso é transcendental. Por isso é paramita. É bela.”

Chogÿam Trungpa Rinpoche, em Além do Materialismo Espiritual

Blog Widget by LinkWithin

Carmen Navas Zamora é aluna do lama Padma Samten desde 2003, pesquisa Comunicação, Memória Social e Cibercultura e colabora com as publicações do Cebb em diferentes mídias. É uma das editoras da revista Bodisatva. | Leia outros posts de


Receba o próximo texto

14 comentários »

Deixe seu comentário!

Esse site usa o sistema Gravatar. Para que sua foto apareça, basta se cadastrar.