Foto: Arquivo Escola Vila Verde

Sonho de ampliação da Escola Vila Verde

Saiba como apoiar a campanha do projeto de ampliação da Escola Vila Verde de Alto Paraíso (GO)

Por
Revisão: Fábio Rocha

“Acho uma grande aventura quando nos juntamos e sonhamos sobre o que fazer pelos jovens e pelas crianças, para que eles não entrem nessa máquina muito bem descrita pelo filme The Wall, que nos mostra a visão do processo da individualização, estreitamento e moagem das gerações no processo da guerra.” – Lama Padma Samten


A semente do desejo de ampliação da Escola Vila Verde (EVV), em Alto Paraíso (GO), foi plantada numa roda de sonhos cultivada por pais, alunos e a comunidade em 2014, durante um seminário sobre Educação e Sociedade realizado pelo Instituto Caminho do Meio, relembra Fernando Leão, coordenador da EVV, uma das três escolas apoiada pelo Centro de Estudos Budistas Bodisatva (CEBB), sob orientação do Lama Padma Samten.

Agora, após três anos do encontro, a escola que adotou uma metodologia diferente de ensinar baseada nas Cinco Sabedorias de ação no mundo e que ganhou reconhecimento do Ministério da Educação como um centro de Referência de Inovação e Criatividade na Educação em 2015, pretende oferecer vagas em 2018 para turmas do ensino médio.

“Começamos ouvindo a comunidade com grandes rodas de diálogos e descobrimos que em Alto Paraíso existia apenas uma escola pública para atender alunos do ensino médio. Naquele momento, fomos cultivando a semente e sonhamos com a abertura de salas para quem estivesse ingressando nessa nova fase. Agora, pretendemos beneficiar cerca de 112 crianças e jovens e mais de cem famílias”, conta Leão.

Para o Lama Padma Santem, o projeto da Escola Vila Verde vem apresentando muitos bons resultados, mas todo o reconhecimento pode ser considerado um fato muito raro, incomum e particular.“O processo de educação é um processo que conduz ao militarismo e à guerra, à obediência cega como uma coisa estreita, sem sentido. 

Se tivermos a oportunidade de, nessa geração, ajudar pelo menos alguns seres a não precisarem entrar nessa máquina e poderem despertar, já enquanto crianças pequenas, para um mundo mais amplo, isso é maravilhoso.

Sob o ponto de vista budista, isso representa o esforço de manifestarmos o melhor que nós adultos temos que é a nossa prática, nossa visão para benefício das gerações que se seguem”, explica o Lama Samten.

expansão da escola vila verde

Foto: Vivi Junqueira

Segundo o Lama, dentro do CEBB e nas escolas trabalha-se com a noção de que os adultos de cada geração deveriam ser os pais e mães de todas as crianças dessa geração. Dessa forma, todos que tem o poder de ajudar as próximas gerações são pais e mães dessa geração.

Isso é uma grande rede compassiva, se vamos esperar apenas, por exemplo, que os pais biológicos sejam aqueles que vão potencializar o futuro dos seus filhos biológicos, isso é um estreitamento, pois eles também não vão conseguir. Nós vamos perpetuando as dificuldades e as aflições”, explica o Lama.

Campanha de Ampliação da Escola Vila Verde

Para implantação do projeto de engenharia e arquitetônico, a Escola Vila Verde lançou uma campanha de contribuição para favorecer a expansão orçada em R$ 224 mil. Hoje, a escola tem cinco salas e a ideia é construir mais cinco, com laboratório, área de atendimento para os pais, secretaria e mais banheiros. O projeto é todo em bioconstrução, com utilização de tijolos de adobe usando a terra local, seguindo a motivação de preservação da cultura de construção local.

“Estamos com essa aspiração. Essa campanha é para poder acolher melhor as crianças. Se vocês acham que podem contribuir com boas ideias, trazendo os amigos para isso, falando sobre isso e contribuindo financeiramente de algum modo, é maravilhoso.

Essa parte do recurso é importante, mas ela não é a parte crucial, o ponto mais importante é que a escola seja conhecida e que os méritos da escola se propaguem e funcione. O recurso sempre aparece no fim, eu fico muito comovido com isso, a sanga é muito generosa. Sempre encontramos – não digo soluções porque nós não temos problemas propriamente – mas apoios, pessoas que se alegram em fazer as coisas funcionarem”, nos ensina o Lama Samten.


Você pode acessar a campanha de expansão da Escola Vila Verde pelo site do Catarse, uma plataforma confiável de arrecadação de recursos até o dia 30/11  →  https://www.catarse.me/escolavilaverde.

Se você desejar ou tiver condições de apoiar a campanha por mais de três meses, entre em contato diretamente através do telefone: (62) 3446-1080 ou email: adm.escolavilaverde@gmail.com. A arrecadação de recursos vai até janeiro de 2018 e qualquer contribuição e apoio são bem vindos.


Saiba mais

  • Sobre a metodologia adotada pela EVV na matéria As Cincos Inteligências na Educação.
  • Documentário sobre a Escola Vila Verde do Canal Futura: Janelas de Inovação, Escola Vila Verde (Alto Paraíso de Goiás / GO). Fundação Telefônica  – Vivo, 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *